Total de visualizações de página

sexta-feira, 8 de novembro de 2019

Vereador Pedro Gomes (PSC), apresentou indicação pedindo a colocação de faixas de pedestre e placas de ‘Pare’ em frente à Escola Municipal Santa Rita para evitar que ocorram novos acidentes envolvendo alunos




Pedro Gomes pede sinalizações específicas próximo a escola onde diariamente ocorrem graves acidentes

Na sessão ordinária desta quinta (07), o vereador Pedro Gomes (PSC), apresentou projeto de nº410/2019 ao prefeito municipal e ao secretário de trânsito, da colocação de Faixas de pedestre e placas de ‘Pare’ em frente à Escola Municipal Santa Rita e nos cruzamentos da rua Bila Dutra, ao lado da escola, no bairro Boca da Mata

O vereador informou que esteve no local e constatou que a referida escola apresenta um fluxo muito grande de crianças. A rua é estreita, quase não tem calçada o que faz com que os alunos tenham que trafegar no meio da rua, dividindo espaço com os carros. Para completar ao lado existe um cruzamento onde os carros e motos dobram praticamente em cima da entrada da escola e lá não existe nenhuma sinalização vertical e principalmente a faixa de pedestres também não foi feita o que piora ainda mais a situação.

Conversando com populares, estes relataram que diariamente acontecem acidentes no local, envolvendo carros, motos e alunos, e que a colocação da faixa e as placas de sinalização poderia resolver o problema.

“Estamos pedindo ao secretário Leandro Braga e ao prefeito Assis que coloque uma faixa de pedestre em frente à escola e placas, ou mesmo os redutores de velocidade no cruzamento da rua Ari Barroso e Bila Dutra, pois estão acontecendo muitos acidentes diários, justamente pela falta dessas sinalizações específicas. Isso precisa ser feito urgentemente para evitar novos transtornos relacionados ao transito. Enquanto buscamos soluções ainda tem pessoas nos criticando. Não quer nos ajudar, não nos atrapalhem. Estamos fazendo nosso papel de vereador, esperamos que o secretário faça o dele”, disse.



Deputado Rildo Amaral se reúne com aprovados não-nomeados da Polícia Militar

O presidente da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa do Maranhão (Alema), Deputado Rildo Amaral (Solidariedade), recebeu, nessa semana, representantes de aprovados no concurso da Polícia Militar (PM) de 2017. Os pontos principais tratados na reunião foram pedidos para nomeação do restante dos aprovados e a prorrogação da validade do certame. 
Ao término do encontro, o presidente da Comissão de Segurança Pública fez uma avaliação positiva e elogiou a nova postura dos aprovados, em busca de negociar com o Governo do Estado, por meio da Alema. “O encontro foi bastante positivo. O governador não chamou não foi por falta de vontade. A crise econômica do país tem afetado as finanças do Estado, mas vamos amadurecer a reivindicação e, sem radicalização, acionar o governador para trazer ainda os que não foram nomeados. Essa mudança de comportamento é boa e vamos ver como estabelecer um cronograma de nomeação”, garantiu o deputado. 
Rildo Amaral afirmou que estudará o melhor caminho para fazer a solicitação da prorrogação do concurso da PM de 2017, validado em julho de 2018, por mais dois anos. O Deputado vai avaliar se fará via Mesa Diretora da Alema ou diretamente junto ao governador Flávio Dino.
“O governador já nomeou cerca de 2 mil policiais. Agora, vamos dialogar com a base para ver como pode ser a nomeação do restante, tratando diretamente com o governador para chamar o mais breve possível, no próximo ano, caso as finanças venham a melhorar com a entrada de recursos do leilão do pré-sal”, explicou.
Anderson Holanda Cavalcanti e Danilo Jorge Soares Filho foram dois dos concursados que ainda não foram chamados e que participaram da reunião com o presidente da Comissão de Assuntos Econômicos.
“Eu participei do curso de formação e não fui nomeado, mas estamos buscando o apoio do deputado Rildo Amaral. Faltam 1700 e estamos pedindo que o deputado abra um canal junto ao Governo do Estado para garantir a nomeação de boa parte dos aprovados”, disse Anderson.
“Os concursados estão esperançosos e buscam diálogo com o Governo do Estado. A expectativa é boa e estamos na esperança do governo dialogar conosco por meio da Alema. A esperança é que haja a prorrogação da validade e a nomeação de todos”, ressaltou Danilo Jorge.

quarta-feira, 2 de outubro de 2019

Vereadores aprovam o fim da votação secreta na Câmara Municipal de Imperatriz

Post

Data: 01/10/2019 | Fonte: Sidney Rodrigues - ASSIMP | Fotografo: Sidney Rodrigues

Aconteceu na sessão desta terça, 01, em Segunda e última discussão e votação, a proposta de emenda à Lei Orgânica nº 02/2019, de autoria de mais de 1/3, dos vereadores, que “Suprime todas as votações secretas da Lei Orgânica do Município de Imperatriz”.
            Adhemar Freitas Jr (PSC), um dos autores do projeto, disse que de agora em diante vai haver uma transformação nas votações do município, principalmente em relação aos vetos: “É uma inovação, o que estamos fazendo. Sei que existe receio de alguns, pois a votação secreta causa uma segurança maior ao vereador, mas isso ficou pra trás, pois estamos dando um passo importante rumo à modernidade. A população precisa saber como votou o seu vereador; e o vereador precisa mostrar sua cara e dizer: votei e assim e foi por isso que votei. É um grande avanço para a cidade de Imperatriz”.
            Zesiel Ribeiro (PSDB) comentou o fato de ouvir algumas opiniões contrárias, mas para ele esse é o mundo da transparência e do homem publico; de assumir e responder pelos seus atos.
“Todo mundo tem o direito de liberdade de expressão, porem é vedado o anonimato. Fez? falou? tem que assumir. E nada mais justo que nós passarmos a aplicar esta regra aqui no parlamento municipal”.
            João Silva (PRB) informou que não terá problemas com isso, pois todas as suas votações são claras e abertas. “Os atos do homem público devem ser públicos, quem dera que todos os poderes tivessem que ser assim”.
            Pedro Gomes (PSC) explicou que quando se chega à câmara todo mundo fala em transparência, mas no mandato alguns não querem ver ela acontecer. “Essa política rasteira e ultrapassada já passou, o eleitor se desenvolveu e estamos dando um grande passo para dizer: Acabou! O voto agora é aberto e saberemos o tamanho de cada vereador”.
            A matéria teve aprovação unanime.
            Para o presidente José Carlos (Patriota), é uma coragem o que a câmara está tendo, pois a partir de agora as votações terão outros significado. Serão abertas e não há mais como se eximir de posicionamentos.

Encontro nacional debate os direitos sociais da juventude

D6D06ADE-56F8-423F-B820-AF1D76884276
Com a participação do secretário nacional da Juventude adjunto, do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), Luis Vannucci, o ChildFund Brasil (Fundo para Crianças) promoveu o 4º Encontro Nacional da Rede de Juventude em Defesa dos seus Direitos Sociais (Rejudes), nesta sexta-feira (27). O evento foi realizado no Centro de Convenções Israel Pinheiro, em Brasília, com o tema “Jovens! Com direitos, somos humanos por inteiro”.
Na oportunidade, o secretário adjunto divulgou ações da Secretaria Nacional da Juventude (SNJ/MMFDH), como o curso de finanças pessoais “que prepara o jovem para lidar com seu dinheiro de forma consciente”. Ele também falou sobre o papel da juventude no entendimento e efetivação de seus direitos e deveres enquanto cidadãos. “Nós somos o braço forte dessa nação. A juventude pode contribuir muito com o crescimento desse país e estamos trabalhando para criar oportunidades e incentivar a participação social dessa parcela nos espaços de decisão”, afirmou.
Agenda
O encontro teve início na quinta-feira (26) com palestras e continuou na manhã de sexta-feira com a mesa-redonda sobre “Juventudes na garantia dos seus direitos”, que teve a presença do integrante da Secretaria Nacional Juventude (SNJ/MMFDH), Luis Vannucci, o advogado membro do Conselho Deliberativo da Transparência Brasil, Marcelo Issa, e os jovens Sâmia Ellen, Ivis Alves e Barbara Passarde, representantes da sociedade civil.
Na mesa-redonda, Marcelo Issa compartilhou um pouca da sua experiência como ativista na causa da juventude e aconselhou os 160 jovens presentes. “Conhecimento é poder e estudar algum tema com profundidade garante um preparo que te diferencia dos outros”, garantiu. A jovem Sâmia Ellen, por sua vez, destacou a existência de juventudes distintas no país e os desafios enfrentados por cada uma. “As demandas da juventude são diferentes em cada contexto social e temos hoje jovens sem perspectiva. Nosso papel dentro do Rejudes, então, é apresentar novos caminhos e dar esperança a esses jovens”, finalizou.
ChildFund Brasil
O evento é uma realização da ChildFund Brasil, organização de desenvolvimento social que, por meio de elaboração e monitoramento de programas e projetos sociais, mobiliza pessoas para a transformação da vida de crianças, adolescentes, jovens, famílias e comunidades em situação de risco social.
No Brasil, a organização beneficia mais de 140 mil pessoas, das quais mais de 42 mil são crianças, adolescentes e jovens. Para isso, o ChildFund Brasil conta com a parceria de 45 organizações sociais, que atuam em mais de 40 municípios.

sexta-feira, 10 de maio de 2019

Vereador Pedro Gomes luta pela construção de Pontes de Concreto nos bairros Boca da Mata e Cinco Irmãos


Proposição foi aprovada na sessão ordinária desta quinta-feira (09), de autoria do vereador Pedro Gomes (Psc), solicita à secretaria de infraestrutura (Sinfra), a construção de pontes de concreto nas ruas: Pacari da mata, Alecrim e 1º de maio, nos Bairros Boca da mata e Cinco Irmãos.

Ponte na rua 1º de maio (foto assessoria)
Ele justifica que a obra é de fundamental importância para a trafegabilidade urbana ao interligar os bairros Boca da Mata e Cinco Irmãos, tendo em vista que as últimas chuvas danificaram as pontes de madeira existentes nessas localidades. 

Ponte na rua do alecrim. (foto assessoria)
 “Temos a esperança que a prefeitura municipal viabilize os recursos necessários para inclui-las no roll de pontes que deveram ser construídas pelo município” disse ele, que reiterou o compromisso de “reivindicar a construção dessa obra.

Deputado Cleber Verde compra rádio São Luís AM e fortalece projeto de Carlos Brandão

562EFCAF-F895-4542-AB21-7133ABE4A687
O deputado federal Cléber Verde (PRB), concluiu a compra da rádio São Luís Am, que até então era de propriedade do Grupo Zildeni Falcão, que detém a rádio São Luís FM (afiliada a Jovem Pan) e a Tv São Luís (afiliada a RedeTv!). A negociação já ocorria desde o ano passado, mas somente agora no mês de maio, o negócio foi concluído. A aquisição fortalece o poderio político do vice-governador, Carlos Brandão (PRB), que é do mesmo partido do parlamentar e está na corrida eleitoral para o cargo de governador em 2022.
Ainda não se sabe qual será a programação da nova rádio São Luís AM. Inicialmente existe a informação de que o novo proprietário da emissora vá promover a migração do sinal AM para FM. Ainda não há previsão de quando ela vá entrar no ar e nem qual será a programação.
Enquanto isso, a rádio São Luís FM 1340, afiliada a Jovem Pan, ainda de propriedade do Grupo Zildeni Falcão, deve fazer uma reformulação na sua programação e colocar programas jornalísticos em sua grade, atualmente só toca música e os programas da rede nacional.

Presidente da Famem comemora parecer favorável à prorrogação do mandato dos prefeitos


                                  97A210B1-ADE1-42AE-AEE3-B9DC1EA65F63





A tramitação da Emenda à Constituição Nº 3762019, que prolonga os mandatos dos prefeitos eleitos em 2016 até 2022, apresentada pela Federação dos Municípios do Estado do Maranhão, Famem, durante a XXII Marcha dos Prefeitos à Brasília em abril avançou na Comissão de Constituição de Justiça da Câmara Federal.

A proposta apresentada pelo deputado Ernandes Amorim estabelece a coincidência geral dos pleitos para todos os mandatos eletivos, aumentando de 8 para 10 anos o mandato de Senador, pondo fim ao instituto da reeleição para cargos do Executivo.

De acordo com parecer do relator, deputado Valtenir Pereira, “não resta dúvida de que a PEC nº 376/09, quanto à unificação dos pleitos para todos os mandatos eletivos, alteração no tempo dos mandatos e modificação na escolha de suplente de Senador é constitucional”, concluindo que as “modificações sugeridas não tendem a abolir a forma federativa do Estado, o voto direto, secreto, universal e periódico, nem a separação dos poderes, muito menos os direitos e garantias fundamentais”.

O presidente da Famem, Erlanio Xavier, comemorou o parecer favorável do relator na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara. “Neste momento em que o país mergulha em crise financeira sem precedentes esta é uma medida que preserva os gastos públicos já tão comprometidos e insuficientes para atender às políticas pública essenciais”, comentou Erlanio. Na reunião dos prefeitos com a bancada maranhense em Brasília por ocasião da Marcha, houve manifestação favorável da maioria dos parlamentares.

No parecer, o relator da PEC manifesta ainda sua contribuição para o aperfeiçoamento do regime democrático, eliminado a desigualdade de chances entre os candidatos e a perpetuação de oligarquias no poder.