quarta-feira, 22 de março de 2017

Deputado Estadual Léo Cunha cobra do Dnit na tribuna da Assembleia Legislativa reparos na ponte sobre o Riacho Cacau em Imperatriz




Durante discurso na tribuna da Assembleia Legislativa nesta quarta-feira (22), o deputado estadual Léo Cunha (PSC) cobrou do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) por reparos na ponte sobre o Riacho Cacau na Rodovia Belém-Brasília, localizada na BR-010, que dá acesso ao município de Imperatriz. 

De acordo com o deputado, a ponte enfrenta problemas estruturais com muitos buracos e danos na parte dos pilares, sua má conservação tem causado grandes transtornos a centenas de moradores que passam diariamente pelo trecho. Todos os dias, a área fica intrafegável, além da buraqueira antes e sobre a ponte causando engarrafamento nos dois sentidos da via, a segurança dos motoristas também é colocada em risco. 

“Essa ponte está em estado precário, hoje, para sair de Imperatriz no sentido Estreito se leva quase uma hora, para entrar na cidade também”, afirmou o deputado Léo Cunha. Além da ligação entre os bairros de Imperatriz e cidades vizinhas, o acesso pela ponte do Cacau é obrigatório para quem transita na Rodovia BR-010 (Belém-Brasília). A estrada federal é uma das principais ligações entre o Norte e Sul do país.  

A ponte do Cacau foi construída na década de 1960 junto com a obra da rodovia federal, mas desde então, nunca recebeu obras de recuperação em sua estrutura. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, cerca de 2.500 veículos passam diariamente pelo trecho, inclusive, veículos de grande porte, danificando ainda mais as condições do local.  

O deputado Léo Cunha cobrou do superintendente regional do Dnit, Gerardo de Freitas Fernandes, providências no sentido de solucionar o problema que tem afetado centenas de pessoas. “Quero pedir que o superintendente faça uma força-tarefa para solucionar esse problema afim de que o tráfego volte ao normal na BR-010”, pediu o parlamentar.

Projeto do Deputado Federal Hildo Rocha aumenta garantias para beneficiários de regularização fundiária

Projeto de Lei do deputado federal Hildo Rocha (PMDB) estabelece que títulos de domínio e Concessão de Direito Real de Uso (CDRU) passarão a ser outorgados preferencialmente de forma individual. Atualmente os títulos são dados para entidades representativas ou para as associações comunitárias, fazendo com que estes passem a ser intermediadores entre o Estado e as famílias beneficiárias de regularização fundiária.

“Isso, muitas vezes, leva à submissão involuntária de assentados às entidades abrindo margem para que pessoas de direito privado passem a reger uma política pública, ‘escolhendo’ os assentados de acordo com interesses particulares”, argumentou o parlamentar.

Insegurança
De acordo com Hildo Rocha, isso gera insegurança e impede o desenvolvimento de áreas de assentamentos. “Na cidade de Cantanhede nós temos alguns exemplos com registros de domínios que foram tirados em nome de associação. Isso gera insegurança para as famílias que compõe a associação porque elas não se sentem proprietárias das terras. Por meio do PL 7000/2017, proponho que o Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) e outros institutos de regularização de terras possam entregar os títulos de maneira individualizada. Caso não consiga fazer de maneira individualizada é que se parte para faze-la de maneira coletiva”, explicou o deputado.(José Luiz Batalha/Ascom)

Espetáculo “Cinderela” acontece hoje em Imperatriz



 O Evento é gratuito e acontece no Imperial Shopping




Toda a magia de Cinderela, um dos contos mais famosos entre a criançada vai chegar nesta quarta-feira (22), no Imperial Shopping. O musical infantil terá início a partir das 19h, e vai levar ao público a história encantada da princesa, através das principais canções da obra.

A ação, que acontece na praça de alimentação do empreendimento, é gratuita e faz parte da programação mensal de espetáculos infantis que o shopping tem promovido para o público da cidade.


Sinfra desobstrui Rua Rio Grande do Norte, na Nova Imperatriz






Em vários bairros, equipes trabalham na recuperação das vias





A manutenção asfáltica em ruas e avenidas é prioridade na gestão do prefeito Assis Ramos, que desde o começo deste mês intensifica as obras da “Operação Tapa-buracos”. Na Rua Rio Grande do Norte, no Bairro Nova Imperatriz, uma equipe da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Sinfra) iniciou ontem (21) a recuperação no local, que tinha sido interditado no começo da semana pela comunidade, devido ao péssimo estado de conservação.


O secretário-adjunto de Infraestrutura, Inaldo Santos, acompanhado do coordenador do Departamento de Obras, Joselito Gomes dos Santos, o Sultepa, inspecionou a execução dos serviços de recuperação da rua. Segundo ele, a decomposição da malha asfáltica é resultado do intenso período chuvoso, inclusive causando transtornos e inviabilizando o tráfego de veículos em vários pontos da cidade.


Inaldo Santos garantiu que a ação do tapa-buracos também chegará à Rua Amazonas, no Centro, e será executada pela equipe da noite, em virtude da diminuição do fluxo de veículos na via.


O secretário de Infraestrutura (Sinfra), Francisco Pinheiro, também informou que as obras de recuperação na Avenida Prudente de Morais, no Parque Sanharol, e na Rua Godofredo Viana, no sentido Bacuri-Centro, foram concluídas. “Temos feito o planejamento e trabalhado para dar regularidade aos serviços, para que possam ser executados diariamente e sem interrupções, exceto quando ocorrem chuvas intensas na cidade”, explicou.

terça-feira, 21 de março de 2017

“Só vai errar na Saúde quem quiser errar” diz Assis Ramos, na abertura do encontro com CGU




Representantes de 15 municípios da Região Tocantina participam do evento


A I Reunião Técnica dos Programas da Saúde, por iniciativa da Prefeitura de Imperatriz, começou na terça-feira (21) e segue até hoje (22), voltada para gestores e coordenadores do município. O encontro acontece no auditório da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Campus Centro, e conta com representantes da Rede de Controle da Gestão Pública, Tribunal de Contas da União, Governo Federal e Ministério Público. O prefeito Assis Ramos marcou presença na abertura, juntamente com o secretário municipal de Saúde, Alair Firmiano.


Com o tema geral “Um salto de qualidade na gestão dos Programas da Saúde”, o evento tem as participações do superintendente e do auditor da CGU, Francisco Alves Moreira e Welliton Resende, do promotor da Saúde, Newton Belo, e do auditor do TCU, Omar Cortez.



Na oportunidade, o público pode participar de oficinas e palestras relacionadas às melhorias na gestão dos Programas da Saúde, com foco na correta aplicação dos recursos públicos. Assis Ramos pontuou que a solicitação desse treinamento, junto a Controladoria Geral da União (CGU), foi planejada para capacitar os gestores e evitar irregularidades, por falta de orientação.


“No que diz respeito à administração pública, o pouco se torna muito, mas resolutivo, se for aplicado com responsabilidade. Essa temática vai nos orientar a fazer os procedimentos, pois na nossa gestão, os recursos serão aplicados nos princípios da transparência e da honestidade, melhorando o processo de combate à corrupção”, ressalta o prefeito.


O superintendente da CGU Regional MA, Francisco Alves, acrescentou que a aplicação certa dos recursos é fundamental para uma prestação de serviço adequada e destaca a importância da parceria para a realização do encontro. “Ficamos muito honrados com o convite da prefeitura, por isso estamos aqui, para contribuir com os anseios de melhoria dos gestores, pois precisamos dar a correta destinação ao dinheiro dos cofres públicos, e melhorar os serviços prestados à população”, afirmou.

Obra de recuperação da iluminação da Pedro Neiva de Santana está 75% concluída

Cerca de 75% dos serviços de recuperação da iluminação da Avenida Pedro Neiva de Santana já foram executados. O investimento de R$ 3.447.450,30 do Governo do Estado, por meio da secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra), vai garantir iluminação completa, nos nove quilômetros da rodovia, que liga Imperatriz a João Lisboa.






A obra inclui troca dos postes danificados, tubulação, instalação de novos condutores, quadros de comandos e luminárias – todas de LED para garantir maior eficiência e economia de energia elétrica. Iniciadas em janeiro deste ano, a estimativa de término é para junho.


Várias cidades são interligadas pela rodovia: João Lisboa, Senador La Rocque, Amarante, Buritirana, Sítio Novo e diversos povoados próximos. Ela é o principal acesso de muitos bairros de Imperatriz, como as vilas Redenção e Cafeteira, ao Centro. É, também, um dos poucos espaços apropriados para o passeio de ciclistas e pedestres.


Por isso, a iluminação da Pedro Neiva de Santana é uma demanda aguardada pela população e um desejo da Sinfra desde o início da gestão do Governo Flávio Dino. “Uma obra que vai garantir a segurança e a comodidade dos usuários da Pedro Neiva de Santana e que segue um ritmo intenso para estar pronta dentro do cronograma estabelecido, uma vez que a população recebeu a rodovia do governo anterior com muitos problemas e um deles, a iluminação que nunca chegou a funcionar e agora terá o problema resolvido pelo governo Flávio Dino”, enfatizou o secretário de Infraestrutura do Estado, Clayton Noleto.


Além disso, a via está incluída no plano de conservação contínua do Governo do Estado, que garantem melhores condições de trafegabilidade, mesmo no período chuvoso. Esta semana, a Pedro Neiva de Santana recebe uma operação tapa-buraco. “Essa iniciativa é importante porque evita acidentes e garante mais conforto no trajeto. Já a iluminação vai garantir mais segurança, tanto para quem dirige tanto para quem faz caminhada”, disse o promotor de vendas Francenildo Mariano.

Blogueiros e servidores públicos presos pela Polícia Federal no MA

SÃO LUÍS - Os servidores e blogueiros maranhenses foram conduzidos pela Polícia Federal durante a Operação Turing, deflagrada na manhã desta terça-feira (21) com o objetivo de desarticular uma organização criminosa composta por servidores públicos e particulares que causavam embaraço a investigações da PF no estado.


Foram pedidas as prisões preventivas Danilo dos Santos Silva, Luis Assis Cardoso da Silva de Almeida, Antonio Marcelo Rodrigues da Silva e Luis Pablo Conceição Almeida. Foram conduzidos coercitavemete Hilton Ferreira Neto, Yuri dos Santos Almeida, Marcelo Augusto Gomes Vieira, Antonio Martins Filho, Ezequiel Martins da Conceição


Cerca de 80 policiais federais cumpriram mandados judiciais. As ordens judiciais foram expedidas pela 2ª Vara da Justiça Federal de São Luís.


A investigação, iniciada em 2015, revelou que o policial federal Danilo dos Santos Silva revelava antecipadamente fatos sob sigilo de Justiça a blogueiros. Estes, por sua vez, ameaçavam funcionários públicos e empresários e pediam valores em troca da não divulgação na mídia local dos fatos descobertos em desfavor deles.


Os investigados aproveitavam também a oportunidade para fugirem ou destruírem provas. Em troca, o servidor público era agraciado com publicações na imprensa em seu favor, permitindo sua inserção em cargos de confiança do Estado. Ele chegou a assumir a função de Secretário Adjunto da Administração, Logística e Inovação Penitenciária.


A PF apura ainda possíveis frustrações do caráter competitivo de licitações do sistema prisional, bem como eventuais desvios na execução de verbas públicas. [Fonte Imirante]